Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Meditação - Quarto Mistério Gozoso - A Apresentação de Jesus no Templo e A Purificação de Nossa Senhora



A APRESENTAÇÃO DE JESUS NO TEMPLO Lc 2,22-40


hegou o dia de Maria e José cumprirem a cerimônia da purificação, conforme manda a Lei de Moisés. Então eles levaram a criança para Jerusalém a fim de apresentá-la ao Senhor. Pois está escrito na Lei do Senhor: "Todo primeiro filho será separado e dedicado ao Senhor." Eles foram lá também para oferecer em sacrifício duas rolinhas ou dois pombinhos, como a Lei do Senhor manda. Em Jerusalém morava um homem chamado Simeão. Ele era bom e piedoso e esperava a salvação do povo de Israel.


O Espírito Santo estava com ele, e o próprio Espírito lhe tinha prometido que, antes de morrer, ele iria ver o Messias enviado pelo Senhor. Guiado pelo Espírito, Simeão foi ao Templo. Quando os pais levaram o menino Jesus ao Templo para fazer o que a Lei manda, Simeão pegou o menino no colo e louvou a Deus. Ele disse: - Agora, Senhor, cumpriste a promessa que fizeste e já podes deixar este teu servo partir em paz. Pois eu já vi com os meus próprios olhos a tua salvação, que preparaste na presença de todos os povos: uma luz para mostrar o teu caminho a todos os que não são judeus e para dar glória ao teu povo de Israel. O pai e a mãe do menino ficaram admirados com o que Simeão disse a respeito dele. Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: - Este menino foi escolhido por Deus tanto para a destruição como para a salvação de muita gente em Israel. Ele vai ser um sinal de Deus; muitas pessoas falarão contra ele, e assim os pensamentos secretos delas serão conhecidos. 

E a tristeza, como uma espada afiada, cortará o seu coração, Maria. Havia ali também uma profetisa chamada Ana, que era viúva e muito idosa. Ela era filha de Fanuel, da tribo de Aser. Sete anos depois que ela havia casado, o seu marido morreu. Agora ela estava com oitenta e quatro anos de idade. Nunca saía do pátio do Templo e adorava a Deus dia e noite, jejuando e fazendo orações. Naquele momento ela chegou e começou a louvar a Deus e a falar a respeito do menino para todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. Quando terminaram de fazer tudo o que a Lei do Senhor manda, José e Maria voltaram para a Galiléia, para a casa deles na cidade de Nazaré. O menino crescia e ficava forte; tinha muita sabedoria e era abençoado por Deus."

Reflexão

No evangelho, nos é mostrado José e Maria, que formam uma família israelita comum, religiosa, que cumpre seus deveres e devoções. Seguindo a tradição cumprem o ritual de purificação da mãe e a apresentação de Jesus no templo: "Todo primogênito do sexo masculino será consagrado ao Senhor". Jesus é consagrado ao Pai. José e Maria apresentaram Jesus como pobre, oferecendo um casal de rolinhas ou pombinhas, a menor das ofertas.

Lucas, homem de inteligencia  sabia bem o que escrevia. Reparemos que nesta passagem da apresentação do Jesus no templo, o evangelista insiste em mostrar como os pais de Jesus seguiam às leis, todavia, o mais importante são as profecias de Simeão. De fato, Jesus foi sinal de contradição, pois sempre seguiu às leis, todavia, foi Ele mesmo quem veio libertar o povo destas mesmas leis que oprimiam.



(...) No Templo encontram o velho Simão que fala maravilhas do menino Jesus: "luz para iluminar as nações", luz que vinha de Deus pai, e de sua santidade, luz que nos libertada do pecado e da opressão. Jesus será aceito pelos excluídos e marginalizados da sociedade, e os poderosos e doutores da o rejeitarão, sendo então sinal de contradição O que foi dito de Jesus deixam José e Maria admirados. Jesus estava agora no Templo em comunhão do o Pai, a casa do Pai que também era sua casa. E o Filho voltará para restaurar a casa do Pai, agora descaracterizada, pois Deus é e será sempre o protetor dos pobres, como o foi Jesus em sua vida inteira.

Irmãos e irmãs, que Jesus, Maria e José, sejam para nós o modelo de família que é a imagem de Deus, sinal de amor entre Deus e a humanidade e da entrega Cristo a sua Igreja. Jesus nos é apresentado todos os dias, basta que percebamos seus sinais, mesmo nas pequenas coisas, encontramos sinais de Cristo.(...) 

Nos tornando luz para quem necessita, é sinal que nós acolhemos Jesus e seus ensinamentos, e que queremos nos libertar de nossos pecados. Não esquecendo que deixando nosso coração fechado para luz da vida de Cristo, este é principal caminho para nossa queda. E somos livres para escolher que caminho seguir o caminho da justiça que liberta, ou da injustiça que a morte a todos.

Maria, nosso exemplo,(...)em sua humildade aceitou e guardou em seu coração, tudo o que lhe foi dito no Templo. Protegeu o Filho, mas sabia que O estava criando para humanidade. Aprendamos de Maria tudo o que ela tem a nos ensinar.

Que Jesus seja a luz de nossas vidas, que possamos estar sempre a serviço do Reino, e nos consagremos inteiramente. Confiemos em seu amor de Pai que nunca deixa um filho desamparado, mesmo quando achamos que fomos por ele abanados, Ele estará aqui sempre perto, no consolando e protegendo.

Fonte: http://homiliadopebantu.blogspot.com.br/2011/02
Jesus no  Templo


Livros
Para Download

   


tags : Mês do rosário, Santo Rosário, reza do terço, Rosário da Vírgem Maria, Devoção Mariana, Carmelitas Leigos, Mistérios do Rosário, Mês de Outrubro do Rosário... 



Nenhum comentário:

Pedidos de Oração