Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Jesus: o Rei Ungido

Imagem
 1- Jesus ungido pelo Espírito Santo
"(...) A narrativa do Baptismo revela-nos a identidade de Jesus, quem é e qual a Sua missão, e ajuda-nos, por outro lado, a descobrir o significado do nosso Batismo, a dignidade da vocação cristã. Jesus foi baptizado por João Baptista, profeta que pregava um baptismo de penitência e de conversão. Jesus integra-se na fila dos pecadores que reconheciam os seus pecados. Precisava Ele também da conversão? Na perspectiva humana, João Baptista acha que não. Jesus, em resposta, dá um sentido novo ao baptismo: confere-nos a missão de estabelecer a justiça de Deus.

A narrativa simples e destaca alguns elementos: * os céus abriram-se: estabelece-se a comunicação entre o mundo de Deus (os céus) e o mundo dos homens. *O Espírito de Deus, o Espírito Santo desceu sobre Ele, tomou conta dele. De hora em diante, Jesus será sempre conduzido pelo Espírito Santo: “Deus ungiu com a força do Espírito Santo a Jesus de Nazaré que passou fazendo o bem”, afi…

Epifania do Senhor

Imagem
 O caminho dos magos Para descobrir e decifrar na criação a assinatura de Deus "Na criação existe a "assinatura" de Deus: trata-se de uma assinatura que o homem "pode e deve procurar descobrir e decifrar". Celebrando na manhã de 6 de Janeiro a missa da Epifania do Senhor na basílica de São Pedro, o Sumo Pontífice repropôs os sinais e o sentido do caminho que há dois mil anos levou os Magos a seguir a estrela para encontrar o Messias.

Prezados irmãos e irmãs!

Na solenidade da Epifania, a Igreja continua a contemplar e a celebrar o mistério do nascimento de Jesus Salvador. Em particular, a celebração hodierna sublinha o destino e o significado universais deste nascimento. Fazendo-se homem no seio de Maria, o Filho de Deus veio não só para o povo de Israel, representado pelos pastores de Belém, mas também para a humanidade inteira, representada pelos Magos. E é precisamente a respeito dos Magos e do seu caminho em busca do Messias (cf. Mt 2, 1-12) que …

1 de Janeiro de 2011- Circuncisão de Nosso Senhor

Imagem
Circuncisão de Nosso Senhor : "Narra o Evangelho que após oito dias do nascimento de Jesus, Maria e José levaram o Menino até o Templo para oferecê-lo ao Senhor e cumprir o preceito da Circuncisão, conforme prescrevia as leis religiosas do povo judeu. Após a primeira parte da narrativa, observa-se um corte cronológico na harmonia dos acontecimentos, para destacar o encontro de Jesus com os Doutores da Lei, no Templo de Jerusalém. Essas duas narrativas unidas, a princípio tão distantes temporalmente, e tão próximas quanto ao objetivo de sublinhar a dupla natureza do Messias, se fundem numa leitura única. 

O menino foi levado para circuncisão pois era plenamente humano e estava sujeito às leis sócio- religiosas; no entanto, com 12 anos revelava sua sabedoria extraordinária que tinha uma fonte não humana. Ele era o VERBO de Deus que inicia suas reflexões com aqueles mais ilustres e doutos. «O mundo foi feito por Ele, mas o mundo não O conheceu» (Jo 1,10-11). Primeiramente, Jesus tinh…